A Saga do Quarto colorido – a pintura da parede listrada

Olá, quanto tempo!

Voltei e com novidades! Muitos já sabem, serei mamãe! Estou grávida de um menininho, o Léo! E com a gravidez minha inspiração voltou, porque estou transformando o antigo quarto de hóspedes para ser o quartinho dele.

Mesmo antes de saber se seria menino ou menina, eu sabia que queria um quarto colorido e não tradicional de bebê: nada de cor pastel ou estilo provençal! (Nada contra, pelo contrário, acho lindo mas meu estilo pessoal não é este!). Outro motivo é que queria um quarto que crescesse com o Léo e não um de bebê que tivesse que ser repaginado.

Procurei várias inspirações, seguem as principais:

Fonte: Google 


Defini que os tons principais seriam cinza, turquesa e amarelo. As tintas utilizadas foram estas da Suvinil:

Turquesa: E327 Apatita
Amarelo: D039 baba de moça
Cinza: A014 Calopsita

ANTES:
O quarto estava assim:  

O primeiro passo foi dar uma demão de branco (para cobrir todas as imperfeições, pois como podem ver tinha rachaduras, mudamos interruptores de lugar, fizemos novas tomadas…)

Depois pintamos todo o quarto na cor base que é um cinza bem clarinho, o A014 Calopsita da Suvinil:
Não reparem na bagunça, é que os móveis não chegaram e não tenho onde guardar as roupinhas e acessórios do envoval do Léo.

Parede de listras, como fazer?

O QUE VOCÊ PRECISARÁ:

– Trena
– Fita crepe fina e grossa especifica para pintura de paredes (em lojas de construção e tintas você encontra facilmente)
– tintas nas cores escolhidas (se for uma única parede como a minha, uma lata de 1/4 de cada cor é mais que suficiente). Use os catálogos de cores disponíveis na loja para escolher. Eu comprei da Suvinil e no site http://www.suvinil.com.br tem como simular as cores. Anote as que você gostar que fica mais fácil de buscar na loja
– rolinhos de espuma pequenos para pintar as listras

COMO FAZER:

1 – sugiro fazer um esquema de listras que reflita a quantidade, tamanho e sequência das listras. Eu usei um escalímetro para fazer uma versão exata das medidas da parede em escala menor, mas se você não tem, meça a parede e tente desenhar num papel o tamanho de listras mais próximo possível do que vai caber na parede real. Isso é muito importante na execução, pous fazer diretamente na parede vai ficar confuso, você pode errar as medidas e a sequência de cores e estragar toda a parede! Vai por mim!

Fica mais ou menos assim! Anote as medidas de cada listra para servir como guia!


2 – Depois, use uma trena e meça as listras na parede e marque. Como as listras que fiz eram horizontais, para ficar retinho eu marquei nos cantos e no meio. DICA: use giz de lousa para marcar, depois é só usar um pano úmido que sai. Lápis ou caneta dependendo da cor não vai cobrir e não sai com água, cuidado!



3 – cole a fita na marcação. Sugiro ter ajudantes, os meus firam meus pais. Enquanto um segura a fita no canto, o outro estica até o meio para ficar retinho. Se você tentar colar sozinho e de um canto ao outro, vai ficar torto, assim é bem mais fácil.


Nos cantos use a fita grossa para que a listra não vaze para a parede vizinha.


Parede pronta!

4 – escolha uma cor para começar. É hora de usar o esquema para saber quais listras levarão a mesma cor.


Terminada uma cor, use outro rolinho para a outra cor!


DICA MUITO IMPORTANTE: use a cor de fundo como uma cor de listra! Assim facilita muito o trabalho, senão teríamos que descolar e mudar as fitas de posição para pintar onde elas estavam anteriormente coladas e seria muito difícil ficar certinho.

5 – espere uns 10-15 minutos e pode tirar as fitas.

Este foi o resultado final, mas não gostei! Porque vou utilizar elementos amarelos como esta mesinha e eles iriam “sumir” com as listras amarelas! Pense bem ao escolher as cores, porque depois para mudar a cor você terá que colar as fitas exatamente nos mesmos lugares (o que é praticamente impossível) para ficar bom. 


Foi o que fiz, substituí o amarelo por um cinza mais escuro que o tom de fundo: C390 Deserto de Gelo da Suvinil:
Quando tiramos a fita ficou aparecendo pedacinhos de amarelo que retocamos com cotonete! Dá muito trabalho! Mas no fim ficou bom:

Vejam a diferença dos objetos de decoração com as 2 cores de listra:

Achei que na versão mais cinza os objetos decorativos ficaram em destaque e o constraste de cores ficou mais suave e muito melhor!

Agora o próximo post será quando chegarem os móveis, aguardem! Pouco a pouco o quartinho ficará pronto para o Léo!

Beijos!












Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Adotarei a técnica que apreciei na matéria publicada na Revista Minha Casa. À propósito, onde encontro a blusa de crochê usada na referida matéria?

    Curtir

  2. Olá Maria Helena! Que bom que gostou da parede de listras, dá um efeito legal né? Sobre a blusa de crochê, minha mãe que fez pra mim. Me mande um email para amelhorcasadomundo@gmail.com para falarmos melhor sobre a blusa. Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s