Você sabe o que é wabi-sabi?

Olá, quanto tempo!!!

Peço desculpas pela minha ausência, ando numa fase de baixa criatividade, branco total! (É horrível me sentir assim! Dá um desânimo!) por causa disso não conseguia pensar em nada para postar aqui, não queria postar qualquer coisa… 
Mas hoje lembrei de uma coisa que aprendi outro dia e gostei muito: decoração wabi-sabi! (Oi??)
Wabi (quietude) sabi (simplicidade) é uma visão de mundo japonesa, cuja cultura eu particularmente admiro. É uma visão estética descrita como a do belo que é “imperfeito, impermanente e incompleto”.

As características estéticas do wabi-sabi incluem assimetria, aspereza (rugosidade ou irregularidade), a simplicidade, a economia, a austeridade, a modéstia, sempre com presença de elementos naturais. Está relacionado ao desapego zen budista. (A descrição completa está aqui na Wikipedia http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Wabi-sabi)

Resumindo é o contrário de ostentação, valoriza o contato com a natureza e o simples.

Como imagens valem mais que mil palavras, vamos ver alguns ambientes baseados na filosofia wabi-sabi:

Gosto muito de paredes com ar de descascada, com tijolos a mostra!

Textura na parede enicho para sustdntar a cuba em madeira de ddolição, achei lindo!

Escada e cadeira velhinhas de madeira, simples e bonito!

Um banheiro todo de cimento e com pedrinhas no piso, convenhamos que pra lavar deve ser péssimo, mas deve ser um banho bem aconchegante, estilo spa!

Pufes e almofadas de trico e croche (eu particularmente gosto muito, mas com uma leitura contemporânea, sem parecer a da casa da vovó), porta antiguinha, simples e bonito!

Cores neutras, mesa rustica de madeira e cadeiras de ferro estilo vintage. Mas o mais legal é este lustre pendente!

Simples e mesmo com o pé direito alto, a rede passa a sendação de aconchego.

Parece um celeiro, mas esta parede de guitarras ficou demais!

Funis lustres!

Transpondo para o mundo real, o wabi-sabi no meu entendimento é decoração sem preocupação, reaproveitamento de móveis e objetos (caixotes, pallets, escada) para um segundo uso – que passam a sensação de algo temporário, incompleto, rústico… O uso de texturas naturais, valorizar paredes, pisos e acabamentos originais da casa compondo com elementos novos, enfim gostei por ser um balanço entre o certinho com o despojado, sem parecer que sua casa é “largada” ou mal cuidada…
Espero que tenham gostado deste conceito…
Beijos!



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s